Tag Archives: Brasília

O caminho

caminho

Explorando as belezas ocultas de Brasília que vão além da já conhecida moderna, retangular, chata e até oval arquitetura da cidade. Caminho que passa embaixo da ponte JK,  depois segue ladeado por uma cerca viva com vista para o lago.

Exploring the hidden beauty of Brasilia-Brazil that go beyond the well-known modern, rectangular, boring and even oval architecture of the city. The trail goes underneath the JK bridge and follows along a fence with the view for the lake.

Registro de Brasília

 

img-2-mangabeira-2016

Outra chance com esse estudo que eu já tinha pintado anteriormente. A esquerda, parte de um restaurante de fast food localizado em um shopping aqui de Brasília e ao centro, uma bicicleta de madeira instalada como parte da decoração. Tentei simular a variação de cor que havia com a incidência da luz matutina. Satisfeito agora com os prédios distantes. Tudo uma questão de usar o pincel de tamanho apropriado.

I gave myself another chance with this one paintend previously. On the left is the side of a Red fast food Restaurant located at a shopping mall. Due to the morning light there was color variation on it. Now I am happy with those distant buildings because I have used the appropriate brush and not a mop as before. On the center there is a wooden bike as part of the decoration or something.

Fusões e sensações em aquarela – com Carlos Avelino

Em uma rotina de pintura experimental, onde se descarta mais do que acerta, é sempre bom parar um pouco e buscar pela técnica. Dessa forma você pode … continuar experimentando, mas com um pouco mais segurança.

Nessa busca, participei recentemente de um workshop em Brasília, com o grande Carlos Avelino, mais conhecido como ‘Avelino’. Além de ilustrador e animador o cara é um aquarelista de mão cheia. Já estudou com outro Mestre, o Carcamo (que dispensa comentários) e já vem há algum tempo ministrando aulas em São Paulo e em outros estados também. Suas aquarelas são vibrantes e inegavelmente belas, mas confesso que o que me atraiu mesmo foram as fusões. Nome esse que inclusive intitula o seu Workshop.

avelino_4 (O povo praticamente em transe só observando)
aquarela-avelino
(Aquarela de Carlos Avelino)

As fusões fazem toda a diferença em trabalhos de Aquarela, pois suavizam as transições de cores e formas, eliminando bordas e divisões muito evidentes. Precisa existir uma harmonia e uma fluidez que fazem com que o trabalho realmente seja aquarela e não uma ilustração criada por outro meio. (E isso demanda prática e tempo.)

 

avelino_2
Estudo realizado no workshop. Entrei com a composição e a primeira aguada. O Avelino matou com essas sombras sensacionais e eu finalizei a folhagem das árvores e detalhes.

 

 

avelino-3

Aqui, no segundo dia em atividade de plein air. A fotografia não se compara a essa experiência porque aqui você exercita muito mais o senso de percepção e criatividade ao traduzir o que se vê para a tela. E isso envolve seletividade e eliminação de detalhes que as vezes não contribuem para a pintura em aquarela. Novamente, o Avelino deu todo o suporte e intervenção. Impressionante como ele conseguia em tempo recorde atender e até salvar algumas tentativas fadadas ao fracasso. Nesse tipo de atividade, é sempre bom ir preparado para o previsto e para o imprevisto. Em poucas horas passamos por sol, chuva, insetos apreciadores de arte e até alguns vendedores ambulantes que não só ofereciam produtos pra comprar, mas também transitavam pelo universo da filosofia com alguns discursos. Mas faz parte da aventura.

Importante dizer que o Workshop foi organizado pela escola de Arte Par de Ideias. Agradecimento especial a Maisa e a Julia pela atenção, organização e suporte do Evento.

workshop-carlos-avelino

http://ave-lino.blogspot.com.br/

https://www.facebook.com/carlos.avelino.10

http://www.pardeideias.com.br/

 

As últimas horas do outono

last-fall

Uso de uma paleta de cores mais limitada e bastante pincel seco sobre a primeira aguada. Devido ao chamado over brushing e por não saber a hora certa de parar, algumas áreas sujas acabam se destacando.

The last hours of the autumn – An attempt of doing something not too colorful using limited palette and lots of dry brush over the first wash. I’ve got some muddy here and there due to the over brushing process, but it is ok.
(Arches cold press paper and Van Gogh colors)