Imersão nas sombras – Plunge into the shadows

shadows

Dois estudos que abordam luz, sombra e como isso influencia na composição da cena. Falas e (gestos) fazem parte da narrativa, como ilustra o primeiro desenho, mas pra deixar a coisa ainda mais tensa como a idéia sugere, busquei posicionar os bad guys no lado mais sombrio, trabalhando contrastes para torná-los mais ameaçadores. O preto envolve o chão, se funde com a mobília e parte da perna do personagem. O resultado é que certos detalhes se tornam ocultos, mas não menos interessantes em termos de composição. E na busca do propósito desejado, as vezes menos pode ser mais.
Já no segundo desenho tentei brincar com os espaços negativos, novamente enfatizando o clima sombrio e buscando algum efeito de profundidade dentro de uma velha estação espacial.
——————————–\\——————————-
Two studies approaching light and shadow and how this act in terms of composition. Talks and (gestures) comprise the narration as we can see in the first drawing. Nevertheless, in order to make things even more tense, I decided to place the “bad guys” at the darkest side of the scene, working contrasts to make them more threatening. The black mass involves the floor, merges with the furniture and part of the leg’s characterer. The result is that some details become hidden, but not less interesting.  In a search of the desired goal, sometimes less is more.

On the second drawing, I’ve tried to play with the negative spaces. Again, enhancing the dark atmosphere and also adding some effect of depth inside of an old space station.

space-station

Ainda no tema, indico aqui um livro sensacional e bem contemporâneo que aborda e ensina de forma aprofundada todo esse universo das sombras, luz, composição, complexidade e simplicidade.  O cara é tão bom que tem ‘Mestre’ até no nome.  FRAMED INK  de Marcos Mateu Mestre que é animador, ilustrador e quadrinista é um livro que eu tenho que manter sempre ao alcance por se tratar de referência diária para várias situações.  Não é um livro que vai te ensinar a desenhar do princípio, mas sim aprimorar sua arte e exemplificar com clareza qual o nível de intensidade ou dramaticidade que você deverá expressar a fim de atingir a emoção que a cena exige. Além disso, o livro tem um foco pesado em ação e expressão facial de personagens. Em composição, sempre partindo da simplicidade, com thumbnails quase geométricos, ele avança para um sensacional trabalho de distribuição de luz e sombra que te leva a entender que as vezes linhas é o que o desenho menos precisa. Teoria e prática que certamente você usará em ilustração, concept design, character design, storyboard e principalmente narrativa. Além de lindamente ilustrado em tons de cinza, preto e branco (ou melhor, luz) o livro de dá um plus no final. Um seção só sobre quadrinhos discutindo (com detalhes) quadros, fragmentação, perspectiva, balões e muito mais. Altamente recomendado.

Framed Ink
Now let me recommend an extraordinary and contemporary book which discuss and teach in depth the use of shadows, lighting, composition, complexity and simplicity.  FRAMED INK  by Marcos Mateu Mestre, professional animator, illustrator and Comic Artist, is a book that I definitely have to keep close because is a daily guide for a variety of purposes.  This is not a book that will teaches you how to draw from scratch; but surely it will improve your art by demonstrating how to achieve the necessary level of intensity and drama to meet what the scene requires. Besides, the book has a heavy focus on action and character facial expressions. In composition, always getting started with almost gemetric thumbnails, moving foward to a great job involving light and shadow shape. A real proof that lines are not the most important characteristic for a good drawing. Theory and practice combined for different fields, such as illustration, concept design, character design, storyboard and mainly, storytelling. The book is beautifully illustrated with gray tones, black and white (or light) and as a plus in the end, a whole section about comics and graphic novel panels discussing (also in depth) perspective, fragmentation, baloons and more. It is a great book. Highly recommended.

Framed ink 2

framed-ink 3

framed-6

cover-2

Compre direto do site da Amazon:

Framed Ink: Drawing and Composition for Visual Storytellers

Minhas adoráveis Brush Pens

mangabeira-brush-1Depois da mais completa frustração em experimentar uma sakura pigma , decidi há algum tempo atrás pesquisar sobre outros modelos de caneta pincel. Graças a reviews como esse do grande Mario Cau  e esse  de uma moça do Urban Sketcher eu finalmente achei a luz.  Essas canetas são fantásticas e as minhas eu comprei do site Jetpens , Meca dos amantes de canetas, lápis e acessórios. Graças a Deus eles entregam no Brasil (cruzando  os dedos das mãos e dos pés para não ser taxado).
Se morar em São Paulo, também recomendo dar uma volta no Bairro da Liberdade. Lá tem uma milenar papelaria japonesa chamada ‘Sol’ que também vende essas preciosas. Abaixo alguns sketches criados com quatro modelos da marca Kuretake.

—//—

Right after the most thorough frustration testing a sakura pigma, I decided a couple of time ago look for other brush pen brands. Thanks to reviews like these from Mario Cau and from an Urban Sketcher member,  I’ve finally found my way out. These pens are awesome and the ones I’ve got I’ve bought from Jetpens  which is the  Meca for sketch lovers interested in pens, pencils and accessories. Thanks God they ship to Brazil. Bellow some sketches created with four types of Kuretake brush pen.

Kuretake No. 8 Fountain

Corpo longo e de plástico. Recarregável com cartuchos originais ou com outro tipo de tinta. Em se tratando de brush pen é uma das que apresentam ótimo custo benefício.

—//—

Long and plastic body. Refillable with either original cartridge or other type of ink. Among the several kinds of brush pen, the Kuretake nº 8  is one of the best cost-benefit ratio.

mangabeira-brush-2

Kuretake No. 6 Double Sided Brush Pen – Soft – Gray & Black Ink

Detalhe interessante dessa ponta dupla (preto e cinza) é o seu tempo de vida. Apesar de não ser recarregável, tenho usado regularmente há mais de um ano e a tinta dos dois ainda responde muito bem.

—//—

Interesting detail about this one in particular is that although it is a non-refillable pen,  it has a pretty good lifetime. I’ve been using the both sides regularly for over a year and the ink is still pretty good.

mangabeira-brush-4mangabeira-brush-5

Kuretake No. 13 Fountain Brush Pen – RED

Caneta muito bonita, de tamanho médio que se ajusta bem a mão. Recarregável e com uma   ponta sintética. Trabalha muito bem com traços largos ou finos.
–//–
Beautiful and bright red body.  The medium size allows a pretty good handhold. Refillable with a synthetic and precise tip, works very well for either large or thin strokes.

mangabeira-brush-3mangabeira-brush-7

 

Kuretake No. 40 Fountain Hair Brush Pen – Sable Hair + Refill

De tamanho e design muito similares a anterior, a Kuretake  40  tem a ponta feita com o famoso pelo de marta. E tem sim um traço muito bonito. Ainda não usei o bastante, mas na  minha opinião (tirando o preço) não supera a sua irmã kuretake 13.

—//—
Quite similar to the Kuretake 13 in design and size, this one has a tip made from the famous authentic sable-hair which provides a nice stroke. I haven’t used it so much so far, but regardless the price I think the kuretake nº 40 doesn’t beat the nº 13.

mangabeira-brush-6


Kuretake brush pen